sábado, outubro 15, 2016

Feliz Dia do Professor - Happy Teacher's Day!

Imagem retirada da internet - personagens de Maurício de Souza
“Cabeça, tronco e membros”, me lembro de, aos quatro ou cinco anos, estar sentado na sala da casa de minha tia-avó observando-a ensinar ciências a uma turma de alunos do curso primário e lhes dizer quais eram as partes fundamentais do corpo humano. Ela era professora aposentada, mas nunca deixou de transmitir – sem cobrar um tostão -  seu conhecimento em diversas disciplinas para aquele bando de crianças e adolescentes que se apinhavam na sala de sua casa. Pessoas financeiramente carentes que ali podiam aprender ou reforçar o aprendizado do currículo escolar.

Nesse mesmo dia em que minha memória se fixa, uma moça entrou apressada em casa de minha tia, acompanhada de uma mulher - que agora penso ter sido sua mãe -, e com um papel enrolado nãos mãos disse, interrompendo a aula, lágrimas escorrendo nos olhos de ambas: “Dona Zita, me formei!!!”. Lembro de minha tia, sorriso largo no rosto, fixando aqueles olhos azuis brilhantes sobre a moça, dizer: “Hoje é um dia extremamente feliz para nós três!”.

Antes de ir embora, a mãe da moça olhou para todos os meninos e meninas que estavam ali e falou algumas coisas sobre as quais o tempo já não me deixa ter clareza, mas dentre as quais uma frase nunca mais se apagou: “Essa mulher mudou a nossa vida para sempre!”.

Não sei por que motivo tem coisas que a memória grava e às quais se prende com tentáculos e ventosas, enquanto  d'outras ela simplesmente não deixa sequer vestígios. De qualquer forma, dessas lembranças que ficam, a que citei ainda hoje é clara como água pura na minha alma. Me lembro, inclusive, de ter sentido um imenso orgulho de minha velha e de chorar junto quando ela, emocionada pelo que a moça e sua mãe diziam, não segurou mais sua emoção e com sua vozinha mansa repetiu, satisfeita: “Hoje é um dia extremamente feliz para nós três!”.

Acho que foi bem a partir desse dia que eu comecei a sustentar em meu coração a vontade de ser como minha tia: ensinar às pessoas, transmitir meu conhecimento, viver para ajudar o próximo a subir os degraus da vida, “transformar suas vidas para sempre!”, assim como ela transformou a de tantos e também a minha com seu exemplo de amor ao próximo.

Pois ensinar, ter prazer em transmitir o que se conhece, querer que o outro saiba tanto ou mais do que a gente mesmo, mudar a vida das pessoas através do conhecimento, é um ato de amor. Muito mais amor ainda quando, inseridos numa nação que deixa a educação no fundo, bem fundo do quintal (salvo se você paga os olhos da cara para tê-la); num país onde jogadores de futebol (muitos deles sem instrução intelectual ou qualquer vestígio de altruísmo) são deuses gloriosos merecedores de reverência e honra idólatra em desfiles em carros públicos e fotos emoldurando as páginas de redes sociais e quartos de dormir de tanta gente; enquanto professores são vistos – via de regra - como cidadãos de terceira classe, relegados às lembranças magoadas e rancorosas daqueles que têm de fazer a lição de casa quando podiam estar jogando vídeo games.

No entanto, esses mesmos professores resistem todos os dias, e, por mais que a tarefa de querer viver para o outro, de desejar “mudar sua vida para sempre!”, de ver o outro sendo melhor hoje do que ontem, pareça um trabalho hercúleo e sem retorno, resistem impávidos como o colosso da história antiga e continuam em seu sonho quixotesco a acreditar que podem transformar o mundo toda vez que no fim de um semestre, em meio a milhares de pessoas a quem transmitiu o conhecimento adquirido em uma vida inteira, um/a alun@ lhe dá um abraço e lhe diz: “muito obrigado por tudo”.

“Cabeça, tronco e membros” não são apenas verdades entendidas nas aulas de ciências, mas também são uma representação daqueles que no dia 15 de outubro podem comemorar por mudarem a vida de alguém através do seu conhecimento, da sua força e do seu corpo.

Parabéns a todas essas pessoas que dedicaram sua vida a me ensinar desde antes da escola e até após a faculdade! Obrigado, vocês mudaram minha vida para sempre!
Parabéns aos 44 heróis que se formaram comigo no curso de Letras e que continuam a mudar a vida de tantos!
Parabéns aos meus alunos-professores que estão no caminho para mudar a vida de tantos para sempre!
Parabéns a nós professores que iremos mudar a vida de tantos – para sempre!

Imagem retirada da internet com referência à fonte